FC PORTO

Última hora: Israel Dionísio deixa um grande recado sobre Francisco Conceição (vídeo)

LEIPZIG – Como lida Francisco Conceição com o facto de ser filho de um antigo internacional e hoje treinador de sucesso como Sérgio Conceição? Alguma vez puxou dos galões de ser o filho de quem é? «Não! Antes pelo contrário! Claro que vão sempre associá-lo. É uma inevitabilidade. Mas tudo o que ele faz ou sempre fez foi tentar afastar-se desse rótulo. Ele quer afirmar-se como o Francisco jogador em nome próprio e não o filho de… E nunca, mesmo nunca fez uso do nome do pai para se impôr ou ganhar algo com isso», conta Israel, concluíndo sobre o tema: «Foi sempre um jovem como os outros, nunca puxou dos galões.»

E, à margem desse desejo de se impôr, como é a relação dele com o pai? «Pela pessoa que o Sérgio é – treinador exigente e competitivo – acredito que também será na educação dos filhos e isso claro que ajudou o Francisco. Mas também sei que, quando se tem um pai famoso, em determinadas alturas isso pode ser desconfortável. Uma coisa é certa, o Chico sempre teve muita personalidade e sempre quis vingar em nome próprio. E o pai, o Sérgio, também nunca incomodou: houve dois ou três treinos em que alguém me disse que estava ali o Sérgio a ver o treino, mas não se fez sentir. Agora, claro que, em casa, acredito que se viva o futebol intensamente, é uma família que respira futebol», constata o técnico.

Related Articles

Leave a Reply

Your email address will not be published. Required fields are marked *

Back to top button