SPORTING

Última hora: Miguel Sousa Tavares arrasa Sporting em directo (vídeo)

No seu espaço de opinião do diário desportivo Record, Miguel Sousa Tavares pronunciou-se sobre as queixas do Sporting sobre a arbitragem, depois da derrota em Guimarães.

O comentador afeto ao FC Porto começa por defender que o Sporting teve sete pontos oferecidos pela arbitragem.

“Era mais do que esperado: depois de um início de campeonato em que o Sporting, segundo as minhas contas (e de que aqui dei conta então), beneficiou de nada menos do que 7 pontos oferecidos pela arbitragem”, começou por escrever.

Para Miguel Sousa Tavares, as recentes declarações de Frederico Varandas sobre a arbitragem são uma estratégia para condicionar o clássico com o FC Porto.

“À primeira contrariedade, à primeira derrota em que ocorreu um lance duvidoso, eis que os leões caem em cima da arbitragem, não apenas para justificar o desaire, mas também para criar já o ambiente para o próximo Sporting-Porto”, prosseguiu.

O comentador afeto aos dragões respondeu ainda às críticas leoninas ao que entendem ter sido a expulsão perdoada a Pepe no jogo com o Casa Pia, lembrando que o primeiro golo do Sporting em Guimarães foi, no seu entender, precedida de falta de Morita.

“Está-lhes na tradição e na cultura, não há nada a fazer. Desta vez queixam-se do jogo do Porto e da não expulsão de Pepe, que tanto jeito daria para Alvalade. Pepe podia, de facto, ter sido expulso ou não, conforme o critério dos árbitros (num jogo europeu dificilmente seria), assim como poderia ter sido considerada faltosa a forma como Morita ganhou a assistência para o primeiro golo do Sporting”, continuou.

Por último, Miguel Sousa Tavares apontou a Varandas, lembrando que o VAR Hugo Miguel também beneficiou o Sporting com um erro crasso, no jogo com o Casa Pia.

“Na discussão entrou o próprio Presidente do Sporting, com uma curiosa tese: o árbitro, João Pinheiro, não devia apitar jogos do Sporting pois que no passado teria prejudicado o clube; mas o VAR, Hugo Miguel (o responsável pelo maior erro deste campeonato, o golo em offside XL de Paulinho contra o Casa Pia, que valeu 2 pontos), também não deveria poder exercer mais tais funções em jogos do Sporting, pois que estará “condicionado” por esse erro”, concluiu.

Related Articles

Leave a Reply

Your email address will not be published. Required fields are marked *

Back to top button